Roubo dentro da Agência Bancária ou após sair dela é passível de indenização! - Ana Winter - Advogados em Balneário Camboriú
Roubo dentro da Agência Bancária ou após sair dela é passível de indenização! - Ana Winter - Advogados em Balneário Camboriú
ANA WINTER ADVOCACIA - ADVOGADOS - Balneário Camboriú - Somos uma banca advocatícia situada em Balneário Camboriú – SC, que presta consultoria jurídica voltada à prevenção, redução de custos e solução de conflitos...
Advogados em Balneário Camboriú
1013
post-template-default,single,single-post,postid-1013,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_popup_menu_push_text_right,footer_responsive_adv,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge - bc sites,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Roubo dentro da Agência Bancária ou após sair dela é passível de indenização!

Roubo dentro da Agência Bancária ou após sair dela é passível de indenização!

Foi até uma agência bancária depositar um dinheiro no caixa eletrônico ou realizar um saque e foi roubado dentro da própria agência ou após sair dela? Saiba que o banco é responsável e deve indenizar a vítima.
Em havendo assaltos a clientes em instituição bancária, é esta a responsável pelos danos que aqueles venham a sofrer, sejam esses danos de natureza material ou moral
Esse dever de indenizar do banco ocorre porque o roubou em bancos não é uma ação inesperada ou imprevisível, pelo que incumbe à casa bancária o dever de evitar que ocorram esses delitos, garantindo a incolumidade física de seus clientes, bem como os valores que tenham eles em sua posse, utilizando-se, para tanto, de todas as precauções possíveis, mantendo um sistema de segurança apto a protegê-los.
Não atendendo o estabelecimento bancário, a contento, essa obrigação de proteção, havendo assalto no qual o consumidor seja vitimado, é ele responsável, mormente quando o crime ocorreu em razão da falha na segurança que deveria ter sido disponibilizada pela instituição de crédito.

Publicado por: Daiane Meire da Silva – Advogada | OAB/SC 49.127



Open chat